Dicas para fazer sua mudança sem transtornos

16/03/2015

 

16-04capa

Olá família! Se você já se mudou alguma vez na vida, deve ter passado por algum transtorno durante o processo. É normal acontecer e mesmo tomando todas as precauções nunca se está livre de imprevistos. Mas dá para se prevenir bastante destes pequenos problemas e a gente te dá várias dicas para se incomodar bem menos na hora da mudança, confira!

Use caixas de pequeno e médio porte para transportar sua mudança. Caixas muito grandes acabam ficando com muita coisa dentro e também pesadas demais para serem carregadas. É melhor usar caixas menores, isso facilita o transporte e até a desmontagem depois.

Dentro das caixas, você pode usar bichos de pelúcia, travesseiros, lençóis e cobertores embalados em sacos de lixo. Aí use-os para preencher espaço vazio dentro das caixas. Dessa forma você acha um jeito de transportar estes itens e ainda evita que coisas frágeis fiquem “se batendo” e quebrem no caminho.

Quanto à eletrônicos, uma boa maneira de separar fios, cabos e tudo mais, evitando assim aquele bolo de fios, é aproveitando rolos de papel higiênico. Escreva em cada rolo que fio é aquele e coloque todos os fios dentro de uma caixa. Assim, quando chegar na casa nova, é só procurar nesta caixa o fio correspondente ao eletrônico que você estará montando, super fácil.

Ainda no quesito embalagem, um grande amigo pode ser o papel filme: Não esvazie seu criado mudo, nem os gaveteiros. Envolva tudo em plástico filme, assim você ganha tempo e não perde nada.

E se for desmontar móveis, lembre que organizar tudo é sempre a melhor opção. Embale parafusos em saquinhos, ou passe fita adesiva sobre eles, ou embrulhe em papel alumínio. Deixe-os colados nos móveis de origem com fita crepe (se possível use uma mais reforçada) na parte de baixo ou atrás deles. Assim você ganha muito tempo, não fica procurando parafuso no meio da mudança.

Agora para a chegada ficar mais legal, nas suas caixas escreva com canetão (ou use etiquetas coloridas) o nome do ambiente/cômodo onde deve ser colocada e se o conteúdo é frágil ou o que tem dentro. Use letras bem grandes e cores diferentes para cada ambiente. Isso vai facilitar a organização logo na chegada, colocando assim cada caixa no ambiente onde ela deve ficar.

E falando da chegada, temos uma dica maravilhosa: caixa da primeira noite.  A primeira noite na nova casa pode se tornar um Deus os acuda! Já que você, provavelmente, não terá tempo de desembalar e guardar tudo, afinal ficou o dia todo se mudando, faça o seguinte: coloque em uma caixa tudo que precisa para sobreviver na primeira noite com uma etiqueta, “Caixa da primeira noite”.

Lá você colocará, por exemplo: escovas de dente, shampoo, sabonete, desodorante, papel higiênico, copo, prato, colher, garfo, faca, lanterna, toalha, roupa de cama, troca de roupa limpa, chinelos. Assim dá para você viver uma noite tranquila e seguir com a arrumação no dia seguinte, sem maiores problemas.

E falando em primeira noite, nossa dica final é sobre o seu colchão: Para que ele não sofra muito na transição de lar, use dois lençóis velhos de elástico, para forrá-lo. Coloque um por cima, e outro por baixo como um sanduíche. Outra opção é investir em um plástico grandão, ou numa capa para colchões.

Agora você está bem mais preparado para encarar a maratona da mudança de casa. Boa sorte com as nossas dicas e seja muito feliz no seu novo lar!

Comente!

Troque ideias com a família Romera espalhada pelo Brasil e coloque sua opinião em pauta.